A resposta é sim: ambientes saudáveis aumentam a produtividade nas empresas

Ninguém tem mais dúvidas: relacionamentos interpessoais são fatores-chave para o sucesso de qualquer organização. Um ambiente saudável mexe com a motivação, com o bem estar, afetando diretamente na produtividade dos colaboradores de uma empresa.

O grande desafio enfrentado pelos gestores na atualidade é encontrar mecanismos eficazes para ampliar e estreitar o relacionamento das equipes. E entre as equipes. É fazer os empresários e funcionários atuarem em conjunto, em busca do mesmo “sonho”.

Chegar a essa conclusão, contudo, não foi tarefa fácil. Vários tabus tiveram de ser derrubados pelos pesquisadores e ainda precisam ser enfrentados no dia a dia de muitas organizações. Como a conversa entre os colaboradores, vista, muitas vezes, apenas como perda de tempo.

Felizmente esse pensamento vem evoluindo junto com os avanços nos estudos comportamentais. Uma das instituições financeiras mais respeitadas do mundo, o Bank of América, por exemplo, utilizou pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT) para entender os motivos de desempenhos tão diferentes entre suas equipes de atendimento telefônico. A pesquisa, realizada através de um crachá inteligente, constatou que os colaboradores mais socializados, que conversavam mais, resolviam os chamados com mais agilidade e tinham índices mais baixos de estresse. Desde então, as conversas informais passaram a ser estimuladas e o ganho de produtividade foi estimado em US$ 15 milhões.

Empresas de tecnologia, como Google e Facebook, apostam em ambientes informais para estimular o relacionamento entre as equipes – fundamental para o surgimento de novas ideias. Os escritórios das empresas entraram na lista de desejos de milhares de profissionais por investirem em climas organizacionais que proporcionam benefícios para todos.

Sim, são muitas as diferenças culturais e econômicas que separam boa parte das empresas brasileiras destes gigantes da tecnologia e do mercado financeiro. “É outro mundo”. Mas existem alternativas inteligentes e de baixo custo que geram resultados também eficazes. Uma dessas tendências é a utilização de redes sociais corporativas, que integram os colaboradores sem a necessidade de investir em um grande espaço de convivência, por exemplo. Com ela, o colaborador tem contato com os demais colegas no próprio local de trabalho. E juntos, em um ambiente que estimula a colaboração e a criatividade, eles se transformam em uma poderosa ferramenta de produtividade e geração de negócios.

Leitura recomendada